sexta-feira, dezembro 30

Miss Saigon - Parque das Nações

"Como explicarmos a uma criança o estilo de vida vegetariano, de forma a que um adulto perceba facilmente ? O que é importante para nós ? Os animais, o meio ambiente, a saúde (fisica e mental) de todos os humanos para que possam viver em harmonia no mesmo planeta. Este trabalho marca também o início do lançamento de um conjunto de outros suportes que vamos poder partilhar com todos os que nos acompanham e que procuram também viver e promover um Mundo melhor!"

O Miss Saigon surge pelas mãos da genial Cláudia Salú, que em cada alimento procura estabelecer a "harmonia entre o Homem, a Natureza e os Animais". Um espaço fantástico em pleno Parque das Nações que apesar de pequenino, tem uma decoração encantadora, uma parede desenhada inspiradora e comida vegetariana de comer e chorar por mais. Surge da "paixão entre o Oriente e o Ocidente", já que o nome que lhe dá vida "no Ocidente simboliza a Paixão e, no Oriente, a Sabedoria". Um espaço e um conceito que me prendem por completo e que para mim fazem todo o sentido. As opções de almoço são deliciosas e as sobremesas convidam a deixar um buraquinho no estômago para as provar. Desta vez a minha escolha foi para o rolo de soja mas têm à disposição uma degustação de 2 ou 3 pratos do dia que é igualmente genial pois acreditem difícil será escolher. O bolo de cacau vegan e sem açúcar é uma autêntica tentação, que vai de encontro à minha teoria de que a comida vegana e saudável pode ser igualmente saborosa. Só tenho pena que o espaço só esteja aberto de segunda a sexta no período do almoço, porque me dá vontade de o dar a conhecer a todo o mundo!

Imagem do site @Miss Saigon




Miss Saigon Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

quinta-feira, dezembro 29

Tête-à-tête com a Sofia da Josefinas

Hoje a Tête-à-tête é com uma representante de uma das minhas marcas preferidas: a Josefinas! Uma autêntica inspiração para todas as mulheres


Como surge a marca Josefinas?
A Josefinas nasce em 2013 de um sonho – o de inspirar o caminho das mulheres.

A quem se destina? 
Destina-se a mulheres fortes, determinadas, aventureiras e que valorizam produtos exclusivos.

Quem é a pessoa na origem desta marca?
A Josefinas nasce com a Filipa Júlio e a Maria Cunha.

Qual é o grande objetivo da Josefinas?
Inspirar as mulheres até à realização dos seus sonhos.

Que diferenças os clientes da marca e os potenciais vão poder encontrar nos vossos produtos? 
A Josefinas é uma marca única, quer pelo produto extraordinário criado pelas mãos de mestres sapateiros, quer pelo significado que a marca tem na vida das mulheres que usam Josefinas.

Qual é o vosso slogan? (se tiverem um)
#ProudToBeAWoman

Como é trabalhar na Josefinas? 
É um sentimento único fazer parte de uma marca que inspira e muda a vida de tantas mulheres.

Se tivesses de definir a Josefinas em 5 palavras, quais seriam?
Proud to be a woman.


ACREDITAMOS EM…

Acreditamos que tudo o que fazemos deve ter significado.
Acreditamos que ao ajudar uma mulher, se contribui para um mundo melhor e mais justo.
Acreditamos que qualquer produto feito à mão possui uma magia inigualável.
Acreditamos que a vida é uma viagem imperfeita.
Acreditamos que não há sonho que não se consiga realizar.
Acreditamos na força das mulheres.
Acreditamos que um não, nunca é uma resposta final.
Acreditamos que um mundo mais feminino será um mundo mais feliz.
Acreditamos na mudança, e no poder da mudança.
Acreditamos que as nossas clientes são as melhores do mundo.
Acreditamos num mundo onde o rosa pode ser usado por todos.
Acreditamos na gratidão.
Acreditamos em defender tudo em que acreditamos!


quarta-feira, dezembro 28

New Year's Eve: stunning dresses

Confesso que este ano dei por mim a delirar completamente com certos vestidos. E depois surge a pergunta: mas onde é que vou poder usá-lo sem que pareça exagerado? Isto porque eu cá não gosto lá muito de ir na rua e sentir que estou a ser comida com os olhos a cada passo que dou. Uma coisa é senti-lo numa festa, outra é senti-lo no dia a dia. Claro que toda a mulher gosta de se sentir linda e cobiçada. Mas daí a ir para a rua diariamente vestida como se fosse uma estrela de Hollywood, ainda vai um bom bocado. Mas como se aproxima a melhor noite do ano (isso, a noite de passagem de ano) também eu preparei uma seleção de vestidos para vocês arrasarem. As minhas escolhas vão sempre (e habituem-se) para estas três lojas online: Missguided, Showpo e Nastygal. Ora digam-me lá se o vosso coração não colapsa:















terça-feira, dezembro 27

Restaurante Psi - Pena

O Psi é um dos mais antigos restaurantes vegetarianos da capital com portas abertas há quinze anos. O jardim que o envolve foi inaugurado por Dalai Lama, um excelente presságio e talvez um dos maiores motivos para conhecer este espaço. Este era um sonho de Najma Saiyad, a fundadora do restaurante, que conseguiu este feito através de uma carta enviada a sua santidade… O Psi é um lugar de encontros inesperados, um lugar com história e feito de estórias. Venha escrever a sua.

Um restaurante vegetariano único no coração de Lisboa, no meio de um Jardim mágico que se intitula Jardim dos Sabores (e agora percebo porquê), com uma cascata e um lago com nenúfares, assim o define Najma Saiyad. Inserido numa tenda lindíssima, o Psi é um lugar encantado e encantador, uma verdadeira experiência dos sentidos. A decoração convida-nos a ficar horas a fio naquele lugar e o atendimento faz-nos sentir completamente em casa. Faltou muito pouco para o garçom se sentar connosco à mesa, tal não era a simpatia que transbordava por lá. Escolhemos o ceviche de manga para começar e seguimos com o cariz xacuti e o seitan à casa de fruta que estavam deliciosos e o seitan foi o melhor que comemos até então! No final, apesar do pouco espaço que sobrava no estômago, não resistimos a pedir uma das belissímas sobremesas. Questionei a diferença entre o cheesecake crumble e o cheesecake vegan e cru e a resposta ainda nos aguçou mais a curiosidade: "é a diferença entre a noite e o dia". No meio de uma imensidão de pensamentos, optámos pelo segundo que era o dia (e uma autêntica explosão de sabores!). Um jantar de amigas fantástico, uma história inspiradora, um ambiente sem igual e a prova viva de que a comida vegetariana pode ser deliciosa . Quando a nós, queremos agradecer ao Sr. Yasser Saiyad o convite e fica a promessa de voltar a este lugar mágico.














Psi Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

segunda-feira, dezembro 26

And so this is Christmas

Já fui quase milionária, sabes? Tinha a minha avó, a mulher mais bonita do mundo, a nossa casa, uma vida inteira pela frente, tantos sonhos, acreditava que um dia chegaria à Lua, vê lá tu, e não estive longe, se queres que te diga.

O Natal é isto: a família, o amor, o carinho, os laços, a ternura. Mas lá em casa é Natal todos os dias, por isso nestes dias sentimos mesmo é falta dos avós, da casa cheia, da emoção dos mais pequenos e do brilho nos olhos dos crescidos.













domingo, dezembro 25

Passatempo - Oficina do Achado - O(a) Vencedor(a)

Uma vez mais, BOM NATAL a todos e aproveitem para aquecer os vossos corações. Em breve conto-vos tudo sobre o meu Natal, mas hoje passei por cá só mesmo para anunciar o(a) vencedor(a) do Passatempo - Oficina do Achado, que ganhou mais uma prenda de Natal: um jogo dos saquinhos! Vamos a isso então: o(a) vencedor(a) foi...

(entra o som dos tambores)

Catarina Poderoso, de Lisboa

Parabéns Catarina! Iremos contactar-te por e-mail em breve.
E muito obrigada a todos os participantes!


sábado, dezembro 24

Christmas Veggie Challenge: bolachas natalícias

Cá está ele: o meu post para o Christmas Veggie Challenge! Como há bem pouquinho tempo vos tinha apresentado uma sobremesa natalícia vegan (aqui), resolvi seguir a mesma linha de ideias e fazer umas bolachinhas natalícias. Afinal quem não gosta de bolachas? E se forem saborosas, saudáveis e vegan, melhor ainda! Uma receita super simples que pode facilmente ser também o presente natalício que vos falta para oferecer a um amigo, à tia, ao vizinho ou mesmo àquela pessoa que tem tudo. E fica uma prendinha tão gira. Vamos a isso? 





Bolachas natalícias

Ingredientes:
- 2 chávenas de farinha de aveia
- 1 c. sopa de gengibre em pó
- 2 c. sopa de canela em pó 
- 2 gotas de essência de baunilha
- 1 chávena de amêndoas sem pele
- 1 c. sopa de agave
- 3 a 4 chávenas de leite vegetal (usei arroz)

Processo:
Pré-aqueça o forno a 180º e coloque papel manteiga ou papel vegetal no tabuleiro. 
Colocar a farinha, o gengibre e a canela numa tigela e misturar.
Picar as amêndoas e juntá-las ao preparado, mexendo bem. Juntar o agave, as gotas de essência de baunilha e o leite vegetal aos poucos e ir envolvendo bem até obter uma pasta homogénea. 
Estender a massa num tabuleiro e cortá-la com as formas desejadas e levar ao forno durante 20 minutos, controlando sempre.
Retirar do forno, deixar arrefecer e retirar as bolachinhas.
Et voilà! É só apreciar :) 

Feliz Natal! 

PS - Podem ver o desafio original aqui.